Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 20 de novembro de 2010

Maestro Frederico Gerling Junior


A missa de 7º dia de falecimento do maestro Frederico Gerling Junior será realizada no dia 21/11/2010 (domingo), às 18h, na Igreja Cristo Mestre, Av. Ipiranga, 6681 – Campus da PUCRS.
Na ocasião será realizada uma homenagem do Coral e Orquestra Filarmônica da PUCRS.


O maestro faleceu nessa segunda , dia 15 de novembro. Ele foi regente titular do Coral e Orquestra Filarmônica da PUCRS durante 35 anos. Estava com 85 anos e morreu de falência múltipla dos órgãos.


Natural de Jaraguá do Sul-SC, ainda criança mudou-se com a família para Curitiba, onde começou cantando em corais de igrejas aos 13 anos e aos 17 se mudou para São Paulo, onde iniciou seus estudos musicais. Além de graduar-se em Pedagogia, com especializações, cursou o Conservatório de Música de São Paulo, tendo aulas com: Mto. Edoardo Guarnieri (regência de ópera); Mto. Martin Braunwieser (regência coral); e com a Profª. Irma de Rimini e o Prof. Hércules Sevillis (canto). Iniciou sua carreira em São Paulo como regente de Corais da Secretaria da Educação e Cultura do município paulistano. Foi diretor artístico e regente da Sociedade Lírica do Pernambuco e Diretor de Produção da TV canal 2, em Recife. Regeu no Theatro Municipal do Rio de Janeiro a primeira montagem brasileira da ópera Dido and Aeneas, de Purcell. Foi chefe do setor de ópera do Teatro Guaíra (Curitiba-PR), onde fundou o Coral Sinfônico do Paraná, sendo posteriormente o Diretor Artístico daquele teatro.

No Rio Grande do Sul fundou o Liceu Riograndense de Artes Líricas e a ALPA - Associação Lírica Porto-alegrense. Através da ALPA realizou diversas montagens independentes de óperas, bem como de algumas "Temporadas Oficiais" do Governo do Estado.

Desde a fundação do Centro de Cultura Musical da PUCRS, em 1973, hoje Instituto de Cultura Musical, atuava como diretor e regente, promovendo intensa programação cultural incluindo cursos, concursos (destacando "Natho Henn"), oratórios, cantatas, balês, recitais e óperas.

Em Porto Alegre regeu mais de 100 espetáculos de ópera, destacando: Il Trovatore; La Forza del Destino; Fausto; Aída; Carmen; O Barbeiro de Sevilha; La Gioconda; Giovanna D'Arco; A Flauta Mágica; O Guarani; La Boheme; I Pagliacci; entre outras.
Além de regente é também compositor. Apresentou com o Coral e Orquestra da PUCRS algumas de suas obras como: Cantata Rei dos Reis; Stabat Mater; Te Deum; Missa Breve e Dois Poemas ao Sol.

Dedicou mais de 35 anos de trabalho pela música ao Rio Grande do Sul, e recebeu o título de Gaúcho Honorário, e a Medalha Simões Lopes Neto, em reconhecimento pelo trabalho que vem desenvolvendo em beneficio da promoção cultural no Rio Grande do Sul.

Em 2003 recebeu por unanimidade o título de Cidadão Honorário de Porto Alegre. E em 2006 foi agraciado com a Comenda Ordem do Ponche Verde.

Sobre o autor: Raul Campani é artista plástico pós-graduado em Gestão Cultural. Flerta com a música, gosta de filosofia, aficionado em genealogia e trabalha como economiário.YouTube|Facebook|Instagram

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário