Fique em Paz, Guto

Esta semana tivemos uma perda muito marcante na família Campani, Augusto Seidel (o Guto) nos deixou no dia 18 de julho, aos 28 anos de idade, dentro de sua casa, devido a um rompimento na aorta.

Ele era um sobrinho muito querido, filho da minha irmã Denise e do Ronaldo e irmão do meu afiliado Eduardo (o Duda).

A missa de 7º dia será no domingo, dia 24/07 às 18:30, na Igreja Nossa Senhora das Graças, na Wenceslau Escobar, 2380, Bairro Tristeza em Porto Alegre/RS.


É uma dor imensa para todos da família e amigos, pois além dele ser amado por todos, estava em plena juventude. Que Deus ilumine sua alma onde ele estiver, assim como ele nos iluminou quando esteve perto de nós.

O Guto era uma pessoa especial, cativava todos a sua volta, com seu sorriso largo, sempre brincando, levando a vida na esportiva e não temendo fazer o que gostava.

Procurou aproveitar ao máximo o curto espaço de tempo que teve na vida. Viajou para Londres, onde trabalhou alguns anos, conhecendo vários lugares, pessoas e curtindo muito. Foi na Europa que conheceu a sua namorada Natasha (brasileira), com quem ficou até o último momento.

Na foto ao lado ele aparece quando era criança, com seus olhos azuis e sua cabeça avantajada, inclusive alguns brincavam chamando-o carinhosamente de "Cabeça".

Augusto era querido por todos, tanto que no seu velório ocorrido no Crematório Metropolitano São José no dia 19, estava lotado de parentes e amigos. Foi feita uma Cerimônia muito bonita em sua homenagem, com direito até a música do AC/DC, pois era o tipo de som que ele gostava e estava bem ao seu estilo irreverente.
O Guto partiu no momento em que fazia um curso que estava gostando muito: Design Gráfico na UniRitter. Era dedicado e elogiado pelos professores.

Abaixo, o que a Rebeca Donazar, minha sobrinha e prima do Guto, escreveu no Facebook:
O Guto sempre iluminou nossa família, seja nos momentos alegres e festivos, seja nos momentos difíceis. Sempre alegre e engraçado levava a cada situação uma leveza que só um anjo pode proporcionar. Em homenagem a luz do Gutão dedico este poema do Eduardo Galeano, porque só pessoas especiais brilham assim como ele brilhou e sempre brilhará nas nossas lembranças e no nosso coração. Fogos brilhantes como o Guto “ardem na vida com tanta vontade que não se podem vê-los sem pestanejar, e quem se aproxima se acende.”
E uma mensagem que a família do Guto deixou no perfil dele para os amigos:
Dizem que a vida é como um trem em trilhos. Há estações - que são as fases da vida. E nestas estações, alguns embarcam, outros descem. Embarcando ou descendo, sempre teremos amigos a nos esperar. Nosso Guto, desta vez, desceu.
Um dia, nos encontraremos novamente, quando chegar a nossa vez de descer do trem.

Aos nossos amigos, muito obrigada por todo apoio e solidariedade.

Um grande abraço de toda a família Seidel.

Comentários

  1. Os cerca de dez ou doze anos em que convivi com o Gutão (sendo um diariamente, quando moramos juntos em Londres), ficarão marcados pela amizade plena, companheirismo, brincadeiras, alegria e acima de tudo pela pessoa que como foi dito, cativava à todos... Perdi não só meu melhor amigo, mas meu irmão, que nunca vou esquecer e que com certeza, sempre vou ter centenas de histórias fantásticas pra contar!!! Como disse o Duda: "Meu irmão era ducaralho!!!" Te amo irmão!!! Bambam...

    ResponderExcluir
  2. Caro Raul, nada nesse Mundo dissipa a contínua dor da morte, porém atos como esse de resgatar e publicar as lembranças do amigo ainda menino que partiu ajudam a dar um pouco de alegria aos nossos sentimentos tão condoídos, servindo de alimento ao amor e consequente bálsamo à dor.

    ResponderExcluir
  3. É maninho...nossa árvore foi duramente "podada" nessa semana. Mas a união da nossa família e o apoio de grandes amigos que participam de pertinho da nossa dor farão com que essas boas lembranças do nosso amado Guto prevaleçam. Mara

    ResponderExcluir
  4. Olá Raul!
    A perda é sempre algo difícil e doloroso, não sei nem o que dizer, mas deixo aqui minhas condolências e meu apoio virtual, a única coisa certa nesta vida é que um dia todos nós partiremos, uns mais cedo, outros mais tarde, por isso não devemos desperdiçar o tempo e cultivar os bons sentimentos enquanto nessa terra vivermos, aqui estamos de passagem, a vida passa muito rápido mesmo assim é importante viver intensamente e valorizar cada momento.
    Abraços
    Bia :)

    ResponderExcluir
  5. Denise da Silva Dariva27 de julho de 2011 17:56

    Nunca pensei que alguém como o Gutão que tinha uma capacidade absurda se fazer as pessoas sorrirem com suas brincadeiras, também pudesse promover tantas lágrimas, nos deixando tão cedo...É com muito pesar que sinto tua falta, grande amigo.Denise

    ResponderExcluir
  6. NAO TENHO PALAVRAS PARA A PERDA DE UM PARCEIRO DE TRABALHO E AMIGO. MAS SEI QUE ELE ESTA EM UM BOM LUGAR. SO BOAS LEMBRANCAS, ABRACOS PRA SEMPRE BAREA.......

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...